Interreg IV B

  • Inovação
  • Ambiente
  • Acessibilidade
  • Desenvolvimento Urbano Sustentável
  • projetos  Sustentabilidade

    FEDER: 2308,1 milhões €
Veja a lista de projetos

Os projectos aprovados

Busca de projetos

Gestão ecológica de pilhas de resíduos de carvão

Projecto Acrónimo: ECOAL - MGT
  • Ambiente
  • Sostenibilidad
: Gestão ecológica de pilhas de resíduos de carvão
Código SOE3/P2/P714
Beneficiário principal 1. INESC Porto
Pessoa de contacto José Manuel Baptista  -    mostra de e-mail
E-mail info@ecoal-mgt.eu
Beneficiários

2. Universidade do Porto Faculdade de Ciências (PT)

3. Universidad de Alcalá Escuela Politécnica Superior Departamento de Electrónica (ES)

4. Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) Delegation Régional Aquitaine Limousin - Université de Limoges n°7252 (FR)

5. Universidad Publica de Navarra Departamento de Ingeniería Eléctrica y Electrónica UPNA (ES)

 

Duração 26 Meses
Data de Início 01/11/2012
Data de conclusão 31/12/2014
O custo total (€) 875.275,00 EUR
Ajuda FEDER (€) 656.456,00 EUR
Site do projecto http://www.ecoal-mgt.eu
Resultados Esta secção será actualizada durante a execução do projeto
Área geográfica abrangida
Resumo do projecto

A combustão espontânea dos resíduos de carvão é um fenómeno frequente. A combustão inicia-se por causas exteriores/humanas numa zona onde o carvão é de boa qualidade. Os resíduos podem acumular-se durante a extracção e o armazenamento do carvão, na evacuação de resíduos e no seu transporte. O problema específico é a combustão destes resíduos de carvão inutilizados que podem encontrar-se perto de minas desactivadas, abarcando normalmente terrenos amplos. O impacto sobre o ambiente já é preocupante quando o carvão não está em combustão, sobretudo quando se trata da contaminação do solo e da água, mas o seu impacto negativo é maior se se produz um processo de combustão espontânea.

A combustão espontânea do carvão liberta grandes quantidades de poluentes que provocam a volatilização de elementos existentes tanto no carvão como na matéria mineral. A libertação não controlada destes poluentes, sobretudo o gás de efeito estufa, as partículas da matéria, os elementos tóxicos (especialmente os orgânicos) apresenta um risco para o ambiente e para a saúde humana. O objectivo do projecto é implementar uma vigilância contínua dos resíduos do carvão inutilizados em combustão e identificar os perigos e os cenários de evolução, permitindo a definição de acções correctivas em tempo útil, minimizando o impacto negativo das escombreiras.

Para tal, ECOAL-MGT criará um sistema global de vigilância para a identificação do ambiente geológico e para a definição dos parâmetros que deverão ser medidos no âmbito dessa vigilância contínua. Seguidamente, a parceria do projecto desenvolverá um mecanismo composto por uma cabeça sensora em fibra óptica especialmente adaptada para a detecção de gás emitido pelas escombreiras. Finalmente, este protótipo será avaliado numa escombreira de carvão em combustão, a fim de reunir informações sobre a temperatura e as emissões de gás e de prever assim o impacto dessas escombreiras sobre o ambiente.

Documentação
Galeria
Busca de projetos

projectos SUDOE

12 temas que refletem os projetos aprovados no programa de cooperação territorial SUDOE - INTEREG IV

Busca de projetos
  • Biotecnologia Biotecnologia
  • Clima Clima
  • Competitividade Competitividade
  • Colaboração universidades Colaboração universidades
  • Creatividade empresarial Creatividade empresarial
  • Energia Energia
  • Inclusão Inclusão
  • Inovação Inovação
  • Mobilidade Mobilidade
  • Sustentabilidade Sustentabilidade
  • Transferência tecnológica Transferência tecnológica
  • Turismo e património Turismo e património