Se não pode ler este e-mail, por favor, aceda à versão on-line

Boletín Cantabria Interreg-SUDOE
10 BOLETIM
Oct 2011
 
 

20 OCT 2011

O PROJETO REDIN DESENVOLVE UMA REDE DE TRANSFERÊNCIA INTERSECTORIAL NO ESPAÇO SUDOE

O projeto REDIN, que acaba de concluir os seus dois anos e meio de atividades, surgiu com um objetivo concreto, na área da cultura inovadora do tecido empresarial: ser capaz de criar uma Rede que promova o desenvolvimento de ações de transferência tecnológica e inovadoras entre as empresas e entre estas e outros agentes que compõem os sistemas regionais de inovação do Espaço SUDOE.

Tendo em vista este objetivo, a Direção Geral de Incentivo Empresarial, Comércio, Turismo e Artesanato da Conselheria de Economia e Finanças do Governo de Castilla-La Mancha (ES), líder do projeto, juntamente com os restantes 7 beneficiários de Espanha, França e Portugal, desenvolveram um série de ações que culminaram na assinatura de um Protocolo de colaboração para promover a Rede REDIN de transferência tecnológica intersectorial.

Assinatura do Protocolo de colaboração

Para aumentar a eficiência dos processos de inovação e transferência de tecnologia das empresas existentes no SUDOE pretendida pelo projeto REDIN, estudaram-se, em primeiro lugar, as necessidades de inovação em diferentes sectores, criando-se um mapa de complementaridades de inovação no Espaço SUDOE e um diagnóstico do potencial de transferência intersectorial existente entre empresas. Este mapa de inovação, elaborado em cada uma das regiões participantes, permitiu realizar uma comparação entre todas elas e encontrar possíveis complementaridades, tanto dos sectores analisados, como do resto dos agentes dos sistemas regionais de inovação implicados. Foram igualmente realizados diagnósticos, através da seleção de empresas piloto e da realização de um questionário, que evidenciaram o estado atual da transferência no referidos sectores.

A partir deste diagnóstico, e com a informação que foi obtida a partir uma série de jornadas de peritos, foi elaborada, na segunda fase, uma metodologia própria para o desenvolvimento de ações inovadoras e de transferência de tecnológica que foi testada e posta à prova em quatro empresas piloto, permitindo, nalguns casos, obter resultados positivos que promovem a transferência tecnológica.

Finalmente, foi criada a rede transnacional intersectorial da inovação REDIN que permite, entre outros aspectos, uma melhoria da capacitação das empresas e dos centros de inovação, universidades e unidades de I+D+i como atores do processo de transferência tecnológica. Através do desenvolvimento de mecanismos e instrumentos para a transferência de tecnologia e para o apoio a novas empresas de base tecnológica, a rede REDIN conseguiu que mais de 500 empresas de todo o SUDOE melhorassem as suas competências, baseadas numa otimização do seu processo de inovação e num maior impacto da transferência de tecnologia.

O resultado, depois de mais de dois anos de execução do projeto REDIN, tal como referiu Rafael Sancho Zamora, Diretor Geral de Incentivo Empresarial, Comércio, Turismo e Artesanato do Governo de Castilla-La Mancha, "permitiu o desenvolvimento de um instrumento, a Rede REDIN, à disposição das empresas e dos restantes agentes tecnológicos que facilita o desenvolvimento de ações inovadoras, as quais melhoram, de forma definitiva, a capacidade competitiva do tecido empresarial da zona SUDOE."

Para mais informações:

- Ficha do projecto REDIN

- Página Internet do projecto REDIN

Imagens Associadas:
 
Notícias

20 OCT 2011
ABERTO O PRAZO DE INSCRIÇÃO PARA O EVENTO ANUAL DE CAPITALIZAÇÃO DO PROGRAMA

20 OCT 2011
O COMITÉ DE ACOMPANHAMENTO REÚNE-SE EM NOVEMBRO PARA VALIDAR A AVALIAÇÃO INTERMÉDIA DO PROGRAMA E PROCEDER AO LANÇAMENTO DA TERCEIRA CONVOCATÓRIA

20 OCT 2011
ÊXITO DE PARTICIPAÇÃO NA PRIMEIRA CONFERÊNCIA CONJUNTA DE PROGRAMAS TRANSNACIONAIS DE KATOWICE

20 OCT 2011
ALARMTOX: INOVAÇÃO BIOTECNOLÓGICA PARA A DETEÇÃO DE TOXINAS EM MEIOS AQUÁTICOS

20 OCT 2011
O PROJETO REDIN DESENVOLVE UMA REDE DE TRANSFERÊNCIA INTERSECTORIAL NO ESPAÇO SUDOE

20 OCT 2011
AS CIDADES DO PROJECTO SUMOBIS DÃO UM PASSO À FRENTE NA MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL

 
 

Secretariado Técnico Conjunto SUDOE - Plaza del Príncipe nº 4, 1 planta - 39003 Santander, España - stcsudoe@interreg-sudoe.eu - T. 942 23 83 62 - F. 942 23 84 28
Autoridad de Gestión - C/ Hernán Cortés, 9 - 6ª planta - 39003 Santander, España - aug@interreg-sudoe.eu - T. 942 31 84 20 - F. 942 37 23 29

Pode aceder, modificar e cancelar os dados através do nosso formulário de contacto formulário de contato
Esta mensagem é enviada em conformidade com a nova legislação em matéria de e-mail: LEY 34/2002, de 11 de julio LSSI