Se não pode ler este e-mail, por favor, aceda à versão on-line

Boletín Cantabria Interreg-SUDOE
8 BOLETIM
Apr 2011
 
 

04 APR 2011

TERMARED CONCLUIU AS SUAS ACTIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO E APOIO AO SECTOR TERMAL DO SUDOE

O projecto TERMARED, rede de cooperação para o desenvolvimento termal no SUDOE, aprovado no âmbito da primeira convocatória do Programa SUDOE, com a participação de instituições beneficiárias de Espanha, da França e de Portugal, terminou o seu período de execução em meados do mês de Março de 2011, concluindo diversas actividades para a consolidação do sector termal como um sector competitivo.

A parceria do projecto criou uma rede de colaboração entre as administrações, as instituições de investigação e o sector privado, implicados na actividade termal do SUDOE, que produziu inúmeros resultados. Entre estes, destacam-se três trabalhos de investigação científica cujas análises são de grande utilidade para o sector termal dos territórios implicados.

Em primeiro lugar, foi criado um protótipo para a gestão técnica e sanitária das instalações termais, e que é a representação, em pequena escala, de uma rede de água termal. Trata-se de um instrumento inovador, particularmente adaptado às águas minerais naturais corrosivas, e que foi utilizado no sector termal do SUDOE para permitir encontrar soluções técnicas e sanitárias para as redes e piscinas de água termal em exploração.Neste contexto, foi realizado um primeiro trabalho experimental no centro termal Hesperia Isla de la Toja (Galiza, Espanha), cujo objectivo foi avaliar as possibilidades que este tem para abastecer a sua piscina com água mineral natural.

Um segundo trabalho de investigação, realizado no âmbito do projecto, foi relativo à caracterização termofísica dos pelóides termais, produtos naturais constituídos pela mistura da água minero-medicinal com as matérias orgânicas e inorgânicas que podem ser aplicadas sobre a pele como agentes terapêuticos ou cosméticos. Os trabalhos efectuados, no âmbito do projecto Termared, consistiram na mistura de diferentes águas minero-medicinais e de água do mar com vários tipos de argila para estudar as alterações nas propriedades das misturas e do pelóide resultante da maturação, bem como as melhorias que podem ser obtidas nas suas propriedades terapêuticas e cosméticas.

Finalmente, o projecto estudou também a incidência das alterações climáticas sobre a actividade termal, nomeadamente a disponibilidade do recurso hidro-mineral, os riscos geológicos e a procura no sector, perante as alterações climáticas, no futuro. Termared demonstrou que é possível desenvolver metodologias de intervenção para reduzir ao mínimo estes riscos e para preparar os sistemas de exploração para enfrentarem estas alterações.

Outra das actividades do projecto consistiu na elaboração de um catálogo de fontes minero-medicinais do território SUDOE, com um valor potencial, na região de Galiza (Espanha), de Aquitaine (França) e do Norte (Portugal). Este catálogo inclui uma análise físico-química e hidrológica e um inventário destes recursos patrimoniais, naturais e turísticos. Há ainda a destacar o desenvolvimento do instrumento Web Thermal 2.0 (www.termared.com) para a divulgação dos conhecimentos e experiências relacionadas com o sector termal.

Além da organização de três seminários transnacionais para a formação de profissionais do sector termal, em cada uma das regiões implicadas, foram divulgados os resultados e as actividades da rede TERMARED em diferentes seminários e congressos especializados. Neste particular, teve recentemente lugar em Ourense (Galiza) o evento final do projecto, um Congresso Internacional de Turismo Termal, que permitiu divulgar o sector, em geral, e o projecto Termared, em particular, e permitiu partilhar e trocar experiências entre os diferentes modelos a nível mundial. Durante o congresso, no qual participaram mais de 200 pessoas provenientes de 21 países, foram tratados diferentes temas como a sustentabilidade, a saúde, a cooperação público-privada ou a inovação e a investigação no sector termal.

Todas estas actividades realizadas por TERMARED são o resultado de uma reflexão profunda sobre o desafio competitivo que enfrenta o sector termal do Espaço Sudoeste Europeu e a possibilidade de lhe fazer face, usufruindo dos benefícios e das vantagens da cooperação territorial.

Ficha do projecto TERMARED.

Página Internet do projecto TERMARED.

Imagens Associadas:
  • Congresso Internacional de Turismo Termal

    Congresso Internacional de Turismo Termal

  • Congresso Internacional de Turismo Termal

    Congresso Internacional de Turismo Termal

  • Congresso Internacional de Turismo Termal

    Congresso Internacional de Turismo Termal

 
Notícias

04 APR 2011
OS 28 PROJECTOS APROVADOS DA SEGUNDA CONVOCATÓRIA PARTICIPAM NO SEMINÁRIO DE GESTÃO DE PROJECTOS DE SANTANDER

04 APR 2011
TÊM LUGAR DIVERSAS REUNIÕES DE LANÇAMENTO

04 APR 2011
OS 13 PROGRAMAS TRANSNACIONAIS ORGANIZAM UMA CONFERÊNCIA CONJUNTA

04 APR 2011
TERMARED CONCLUIU AS SUAS ACTIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO E APOIO AO SECTOR TERMAL DO SUDOE

04 APR 2011
RESATER APROXIMA A TELEMEDICINA DAS ZONAS RURAIS E DE MONTANHA DO SUDOE

04 APR 2011
EQUUSTUR PROMOVE O TURISMO EQUESTRE COMO UM SECTOR DE DESENVOLVIMENTO RURAL ALTERNATIVO

 
 

Secretariado Técnico Conjunto SUDOE - Plaza del Príncipe nº 4, 1 planta - 39003 Santander, España - stcsudoe@interreg-sudoe.eu - T. 942 23 83 62 - F. 942 23 84 28
Autoridad de Gestión - C/ Hernán Cortés, 9 - 6ª planta - 39003 Santander, España - aug@interreg-sudoe.eu - T. 942 31 84 20 - F. 942 37 23 29

Pode aceder, modificar e cancelar os dados através do nosso formulário de contacto formulário de contato
Esta mensagem é enviada em conformidade com a nova legislação em matéria de e-mail: LEY 34/2002, de 11 de julio LSSI